8 raças que mais possuem problemas de pele

Como vocês já sabem, minha Labrador é cheia de alergias, fiz uma pesquisa e percebi que não era apenas ela a “premiada” da raça.
Confira as 8 raças que mais possuem problemas de pele e o que eu descobri sobre elas:

  • Shar-peis

    Com esse número de dobrinhas, é fácil entender o porquê dos problemas de pele.

    Eles são mais propensos a terem irritações na pele devido as dobras da pele, o acúmulo de umidade também podem criar um ambiente favorável para fungos e bactérias.
  • Poodles

    Existe uma condição genética muito comum nos Poodles chamada Adenite sebácea ranulomatosa, que afeta as glândulas sebáceas e podem causar perda de pelos.

    Essa condição também faz com que eles fiquem mais propensos à infeções secundárias.
  • Pit Bull

    Os Pit Bulls costumam ter um sistema imunológico fraco, fazendo com que eles fiquem mais suscetíveis a infecções.
    Um dos principais problema de pele entre os Pit Bulls é o demodex (um um gênero de microscópicos ácaros parasitas que vivem em ou perto de folículos pilosos de mamíferos).
  • Labrador Retriever

    A raça é muito propensa a alergias em geral, muitos Labradores possuem alergias ambientais, alimentares, causando coceiras, vermelhidão e outros problemas de pele.

    Uma das razões para as alergias se deve a uma predisposição genética.
  • Doberman Pinschers

    Não é raro o hipotiroidismo nos Dobermans e isso causa queda de pelo e alopecia.

    Baixo funcionamento da tireoide pode também deixar a pele seca e escamosa, aumentando as chances de infecções na pele.
  • Cocker Spaniel

    Por causa do pelo longo e as orelhas compridas, os Spaniels, como o Cocker, são suscetíveis a infecções bacterianas nas orelhas.

    Infecções nas dobras dos lábios também são comuns devido ao número de dobras que ele possuem.
  • Bulldog Inglês

    Bulldogs Ingleses acumulam sujeira, umidade nas dobras da pele, aumentando as chances de proliferação de fungos e bactérias, deixando espaço livre para as infecções secundárias.

    É preciso muito cuidado e tratamento constante na pele deles.Os Bulldogs Ingleses mais velhos também possuem um alto risco de adquirir Histiocitomas, um tumor na pele que aparece como um pequeno caroço.
  • Bulldog Americano

    Eles possuem uma propensão a irritação da pele devido a sua pelagem curta e as dobras da pele. Os Bulldogs Americanos também tendem a ter alergias alimentares e ambientais, que impactam na sua pele.

    Alguns podem sofrer de Dermatoses ictiosiformes, uma raro defeito genético que causa escamação na pele da barriga, virilha e axilas dos Bulldogs ainda filhotes.

> Confira também: 4 sinais que indicam alergia alimentar em seu Labrador

Se seu cachorro possui vermelhidão por um longo período, coceira excessiva nas patas, orelhas e ânus é preciso consultar um veterinário. Suspenda os produtos de limpeza, troque o shampoo dele e faça os testes com os alimentos que seu cão está ingerindo.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.