Labrador é dispensada pela CIA por não se interessar pelo trabalho

“Às vezes, mesmo após testes, nossos filhotes deixam claro que farejar explosivos não é para eles”. Foi assim que a conta do Twitter oficial da CIA noticiou que Lulu, uma filhote de Labrador em treinamento para farejamento de explosivos, não fará mais parte da equipe, isso porque ela não demonstrou interesse pela tarefa.

Algumas vezes, filhotes precisam de mais tempo livre, estão entediados, ou possuem alguma condição de saúde, como alergia alimentar. Segundo as explicações, a decisão foi a melhor para Lulu, pois o time de K9 tem como prioridade o bem estar físico e mental de seus integrantes.

Os cães que se aposentam ou são retirados do programa ficam à disposição do seu treinador e sua família para adotá-los.

Lulu foi adotada por sua treinadora e agora aproveita os dias brincando com seus filhos e seu novo amigo, farejando o que mais gosta: coelhos e esquilos no jardim.

Fonte: Twitter @CIA

 

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *